Croácia, viagem dos sonhos

Tinha planejado uma viagem pra Croácia há muito tempo, antes da Olivia nascer. Mas por mil motivos não rolou, então fiquei todo esse tempo com essa vontade frustrada e quando viemos morar em Berlin a única viagem que eu tinha certa na minha cabeça era essa! Iríamos pra Croácia de qualquer jeito. Então nas férias da creche da Olivia lá fomos nós de mala e cuia (e malinha). Claro que agora a viagem com uma filha de 2 anos é bem diferente, precisa ser planejada mais cuidadosamente, os tempos são outros, enfim. Mas como nossa malinha de mão é super companheira de nossas aventuras não tivemos dúvidas que ía dar certo.

O roteiro final ficou assim:

Saímos de Berlin de trem em direção à Munique, onde dormimos apenas uma noite, demos uma passeada no centro e de lá fomos pra Salzburg também de trem. Lá alugamos um carro. Dormimos duas noites em Salzburg, depois fomos de carro para a Croácia parando na Eslovênia. A primeira cidade da Croácia foi Rovinj, onde ficamos três noites. Depois uma noite em Split, três noites em Bol, três noites em Hvar, duas noites em Rab, duas noites em Plitvice, nossa última estadia na Croácia. De lá voltamos para a Áustria, dormindo em Hallstaat. Devolvemos o carro em Salzburg e pegamos o trem para Nuremberg, onde dormimos uma noite, e no dia seguinte Berlin.

pequena na viagem croacia, viagem dos sonhos trem

Nos próximos posts vou contar mais sobre cada cidade. Mas primeiro algumas dicas gerais

  • Quando fizer o roteiro pela Croácia lembre de conferir os trajetos que tem balsas e os horários das balsas no site da Jadrolinija, principal empresa que faz os transportes marítimos. Isso é bem importante e quase ferrou com meu super planejamento. Algumas ilhas tem apenas catamarã para pessoas sem carro e em poucos horários. Por exemplo, Eu tinha planejado o roteiro Split-Bol-Hvar, porque fazia sentido pelo mapa. Quando fui ver as balsas descobri que entre Bol e Hvar não existe balsa que transporta carro. Então eu tive que voltar de balsa até Split e de lá pegar uma balsa pra outro lado de Hvar. Um acréscimo de mais de 2 horas de viagem e mais de 100 euros. Se eu soubesse disso antes teria programado o roteiro um pouco diferente.
  • Ainda sobre as barcas, não dá pra reservar o horário, você compra o ticket que vale pro dia todo e embarca se tiver lugar. O pessoal da Jadrolinija recomenda chegar 1 hora antes, mas a gente chegou meia hora antes e foi suficiente em todos os trajetos. A fila de carros é bem organizada e você pode deixar o carro e ir comprar o ticket na hora que chegar nos guichês próximos.
  • Reserve mais uns dias pra Eslovênia, é um país lindo. Nós só fomos de passagem, mas ficamos apaixonados.
  • Se for na alta temporada reserve todos os apartamentos, carro, etc. Em cima da hora além de caro pode ser impossível conseguir vaga.
  • Chegando na Croácia, compre os sapatinhos de borracha para praia sem medo de ser cafona. As paradisíacas praias de pedrinhas podem se transformar numa experiência um tanto traumática e desconfortável sem o calçado adequado. Vendem em qualquer esquina do litoral croata.
  • É importante ter um bom mapa dos países que vai passar, seja ele o tradicional mapa de papel ou um app offline pra celular. A gente usou o app maps.me e funcionou perfeitamente. Ele calcula o percurso e atualiza usando o gps do telefone mesmo estando offline. As estradas são bem sinalizadas e boas, mas um mapa é sempre fundamental (especialmente com criança, já que se perder pode não ser tão divertido assim)

pequena na viagem croacia, viagem dos sonhos praia panorâmica

Agora algumas informações básicas e úteis

  • Croácia já faz parte da UE, mas ainda não é membro do Espaço Schengen, o que pra gente siginifica apenas que existe controle de fronteira, com carimbinho no passaporte. A moeda também ainda não é o euro, mas sim a kuna croata (1 euro mais ou menos 7 kunas).
  • Em toda a Europa (talvez exceto alguns poucos países) o número de emergência é 112. Sei que nada vai acontecer, mas é sempre bom levar essas informações anotadas.
  • Tanto na Áustria quanto a Eslovênia você é obrigado a andar com um adesivo do Vignette (uma espécie de pedágio) colado no carro. Como alugamos o carro na Áustria, ele já vinha com o Vignette da Áustria. Mas para Eslovênia tivemos que comprar. Tem que ficar atento porque você tem que solicitar o Vignette pra pessoa do pedágio um pouco antes de cruzar a fronteira. Tem várias placas alertando, mas é importante não deixar de prestar atenção. O Vignette da Eslovênia custou 15 euros e dura 7 dias.

Quanto levar?

É importante dizer que estes valores são baseados no nosso estilo de viajar. Costumamos ficar em apartamentos (ou hotéis) não muito luxuosos, mas que tenham conforto e uma boa localização. Normalmente fazemos uma refeição em restaurante e a outra em casa. No restaurante nem sempre pedimos um prato apenas para a Olivia, normalmente pedimos dois pratos e dividimos pelos 3. Costumamos fazer uma viagem o mais enxuta possível para podermos viajar mais e por mais tempo.

  • valor médio das hospedagens: entre 70 e 100 euros por dia
  • gasolina: média 1,30 euros/litro
  • pedágio: cerca de 100 euros considerando toda a viagem
  • almoço em restaurante: média 150 a 200 kunas, ou de 20 a 30 euros (para um casal e um bebê). Obs: em Hvar as coisas são um pouco mais caras. O almoço fica em torno de 300 a 400 kunas (mas o céu é o limite!).
  • aluguel de cadeira e barraca na praia: de 30 a 50 kunas cada (5 a 7 euros)
  • estacionamento: quando é pago varia entre 20 a 50 kunas o dia, mas nos centros existem estacionamentos por hora, em torno de 10 a 15 kunas por hora.
  • Sapatinho de borracha pras praias de pedras: 60 a 70 kunas, ou 8 a 10 euros.

O que comer?

  • Lula grelhada, lula frita, salada de lula, lula, lula, lula! A gente simplesmente amou todos os pratos com lula ou polvo. E é normalmente um dos pratos mais baratos.
  • Todos os demais frutos do mar e peixe são também maravilhosos, vale a pena abusar e variar.
  • O čevapčič é um bolinho de carne que lembra uma kafta, mas é ainda melhor. É feito com uma mistura de carnes e servido normalmente com um molho, pão e batata frita. É delicioso, vale a pena experimentar.
  • Não provamos as trufas, mas em todos os lugares que lemos havia gente recomendando.
  • Pela influência italiana, quase todos os restaurantes possuem massas e/ou pizza a preços bem em conta (40 a 50 kunas uma massa, por exemplo)
  • Uma dica legal é que nem sempre os restaurantes tem prato infantil (e os pratos são bem grandes), então se você não estiver a fim de dividir seu prato com a criança, muitos lugares fazem qualquer prato numa versão pequena cobrando metade ou um pouco mais do valor total.

pequena na viagem croacia, viagem dos sonhos lula grelhada

Onde ficar

  • A gente costuma sempre usar o Airbnb pra achar apartamentos com o mínimo de estrutura pra gente poder cozinhar alguma coisa, lavar roupa, e tal. A cultura de alugar casas e apartamentos está presente por todo o país. Cansamos de ver plaquinhas para Apartman (os apartamentos de temporada) e a maioria que usamos estava super bem cuidada. Vale a pena dar uma olhada nos reviews pra ver se a localização é boa e outros comentários que possam ajudar.
  • Existem também pequenos hotéis e pousadas, principalmente nos centrinhos e perto das principais praias.
  • Mas a grande sacada (na nossa opinião), são os trailers. Existem campings com estruturas maravilhosas (alguns com piscina, restaurante, etc) normalmente situados nas principais praias. Os europeus (acho que a maior parte alemães) lotam os campings com trailers mega ultra equipados. Viram uma verdadeira casa. E a vantagem é que você está na beira da praia, e deve pagar bem pouco. Acho que pra quem não liga muito pra luxo pode ser uma excelente opção.

pequena na viagem croacia, viagem dos sonhos casa em Hvar

Anúncios

4 comentários em “Croácia, viagem dos sonhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s