Berlin no inverno com crianças

Esse ano mal começou o outono e o frio já chegou com força total. Época maravilhosa pra ficar em casa, embaixo do edredon, vendo um bom filme e tomando chocolate quente … pra quem não tem filho pequeno, claro! Pra quem está a passeio ou mora num apartamento pequeno como a gente, a chegada do frio significa arrumar disposição extra pra bater perna por aí e explorar as diversas opções de diversão indoor para crianças que essa cidade maravilhosa oferece.

FOTO 01

Tentei compilar alguns dos nossos programas preferidos, outros que ainda estão na lista para serem visitados. Então vamos lá:

  1. Kindercafes

Começo já pelo meu preferido. Uma maravilhosa invenção que só fui descobrir que existia quando vim pra Berlin. São cafés voltados para crianças, sempre com uma área para brincar. Os tamanhos e o tipo de brincadeiras variam de café pra café, mas em geral são espaços muito despojados, onde as crianças brincam à vontade e os pais podem curtir um café ou um pedaço de bolo com uma tranquilidade que raramente desfrutamos quando temos filhos pequenos. A seguir falo dos meus dois preferidos, mas aqui neste outro post vocês podem ver mais opções de kindercafes.

FOTO 02

Em Prenzlauerberg, este é o meu favorito. O café tem dois espaços separados. No primeiro, logo na entrada, há uma área mais voltada para as crianças pequenas, com uma piscina de bolas, pequeno escorrega e diversos brinquedos e livros numa estante. Em volta os pais se sentam nas mesas e podem consumir cafés, chás, sucos e bolos deliciosos.

A outra sala, nos fundos, possui um brinquedo enorme todo acolchoado que possui vários andares e um escorrega que desce numa piscina de bolas. Esse brinquedo é bem comum aqui e é mais usado por crianças de 2 anos pra cima. Nessa sala também há algumas mesas para os pais.

Além do que consumir, paga-se uma taxa por criança (1 euro). Uma curiosidade é que os carrinhos devem ser deixados do lado de fora, mas vc pode pedir um cadeado dentro do café e eles emprestam para prender o carrinho (como se fosse uma bicicleta).

Em Kreuzberg. Este café é ótimo para crianças pequenas. No salão principal tem um grande tapete e vários brinquedos, como livros, forninho, bonecas, balanços, carrinhos, etc. E a decoração lembra a de uma casa, com sofás, pufes no chão, cadeirinhas pequenas para as crianças. Há também mesas com cadeiras “tradicionais”, mas você pode beber ou comer em qualquer um dos espaços.

Além desse salão, há duas salas menores. A primeira é uma grande piscina de bolas e a segunda um espaço com um escorrega e brinquedos para crianças um pouco maiores.

Além dos bolos, sucos e cafés, servem também saladas e sopas bem gostosas.

  1. Passeios indoor

O legoland de Berlin fica na Potsdamer Platz, no Sony Center. A entrada é discreta, a não ser pela enorme girafa toda feita de pecinhas de lego. A tímida entrada não condiz com a enorme quantidade de diversão (para pais e filhos) que tem no subsolo. Bom, basta dizer que temos o blihete anual e este é o passeio preferido da Olivia aqui em Berlin (depois do Zoo).

O lugar é simplesmente o paraíso de crianças de todas as idades (todas mesmo, até pré-adolescentes se divertem no cinema 4D e na fábrica de lego). Além de vários espaços com milhões de legos de todo o tipo para brincar e montar, há brinquedos enormes desses acolchoados com escorrega, trepa-trepa, e umas outra coisas que lembram aquele antigo quadro “Olimpíadas do Faustão”, onde os participantes tinham que passar por cima de um rolo em constante movimento e tal. Há também uma espécie de carrossel, pistas de carrinhos montados com lego, cinema 4d, oficinas de montagem de lego, enfim, muitas opções de diversão pra todas as idades.

Importante: adultos só entram acompanhados de crianças. O bilhete normalmente vale para 2 horas e é pago por pessoa (apenas crianças com menos de 3 anos não pagam). Vale a pena dar uma conferida no site antes, pois sempre há promoções para comprar online.

FOTO 03

O Sea Life é um aquário com vários tanques e mais de 5mil espécies entre peixes, polvos, cavalos-marinhos, etc. É um passeio bacana e as crianças costumam gostar de ver os peixes. Mas a parte mais interessante pra gente foi o Aquadom, um aquário cilíndrico de 25 metros de altura e mais de 1 milhão de litros de água. Para visitá-lo você entra num elevador panorâmico que passa por dentro do aquário subindo até o topo. É bastante impressionante e bonito, com peixes coloridos de todos os tipos e tamanhos. É importante lembrar que o Sea Life e o Aquadom são lugares diferentes e com bilhetes separados. Você pode comprar o combo que inclui os dois e fica mais barato, ou escolher apenas um e ir.

FOTO 04

Este talvez seja um passeio pra crianças um pouco maiores. É um enorme modelo em miniatura da cidade de Berlin com pistas de trem qe funcionam, carros que andam, aviões que pousam. Fica no terceiro andar do shopping Alexa, na Alexanderplatz.

  1. Museus

Eu acredito que praticamente qualquer museu seja um programa bacana para se visitar com crianças. Sempre levamos a Olivia em museus “de adultos” e ela sempre se diverte. Mas Berlin possui alguns museus que são especialmente bacanas para os pequenos, e é sobre eles que falarei um pouco a seguir.

O MACHmit! É um museu pequeno, mas voltado para crianças. É um museu interativo, onde a criança pode explorar e aprender através da experimentação. Além das exposições fixas, o museu tem diversas programações que incluem oficinas e exposições temporárias. Fica em Prenzlauerberg.

Embora não seja um museu específico para crianças, os pequenos se divertem com as exposições sobre trens, aviação, meios de comunicação e os mais diversos temas relacionados à tecnologia. As exposições são muito bem montadas e as réplicas impressionantes. Aos domingos às 14h há uma visita guiada gratuita para pais e filhos explorarem o museu.

24604685306_f438980160_z

O museu de história natural é um dos passeios preferidos dos pequenos. Lá eles podem ver logo na entrada o maior esqueleto de dinossauro do mundo, com 13m de altura e 20m de comprimento! Além disso podem aprender sobre o sistema solar, a histórias das espécies, ver reproduções de animais já extintos e insetos de todos os tipos.

24227939282_d034da7fa8_z.jpg

  1. Piscinas indoor
  • Piscinas públicas de bairro

Pois é, também nunca tinha imaginado que ir à piscina no inverno era um programa possível. Mas tendo uma peixinha em casa que ama nadar, acabei descobrindo que este é um hábito muito comum dos berlinenses. Em Berlin cada bairro possui pelo menos uma piscina pública, sendo grande parte delas coberta e aquecida. Mesmo sendo “públicas”, em geral você paga alguma coisa pra entrar (pode ser 3 euros, 5 euros, depende do lugar). Procurando na internet por Stadtbad é possível encontrar várias, mas a que eu mais gostei até agora é a Hans Rosenthal, em Schöneberg. Tem uma piscina olímpica para quem quer nadar mesmo, mas na parte de baixo tem piscinas aquecidas, inclusive uma bem rasinha pra crianças pequenas, um tobogã enorme. Enfim, bem legal.

FOTO 06

Tropical Island é o tipo de programa que acharia cafona e gringo demais se não tivesse filhos. Construído na estrutura de uma antiga fábrica de Zepelin, situada a 50 minutos de trem de Berlin, o lugar é um grande parque temático com piscinas, uma imitação de floresta e de praia, brinquedos, quadras de voley de praia, fast food e até um hotel. Todo o lugar é aquecido a cerca de 30 graus, ou seja, todo mundo andando de biquini pra lá e pra cá mesmo que pela cobertura transparente você veja a neve caindo lá fora.

Acho que se você vem do verão brasileiro passar uns dias na Europa não vale a pena se deslocar pra “fingir” que você está no verão tropical em pleno inverno europeu. Mas, se você mora longe do calor e tá com aquela saudade de andar semi-pelado e sentir um pouco de calor, vale a pena. Não é barato (cerca de 35 euros por pessoa), mas a gente se divertiu bastante.

FOTO 07

  1. Parquinhos

Bom, por último, a dica é vá ao ar livre mesmo com frio! O clima aqui não é motivo pros alemães se enfurnarem dentro de casa ou de locais fechados, eles aproveitam qualquer oportunidade pra curtir o ar livre (mesmo que esteja chovendo, nevando, frioooooo!). Isso pra gente foi um pouco estranho, mas faz algum sentido. Nada como um ar puro, mesmo que congelante! O segredo é usar as roupas adequadas. As crianças em geral não se incomodam com o frio tanto quanto a gente e como estão brincando acabam se aquecendo de certa forma. Claro que brincar com baldinho de areia com luva, cachecol, e casacos que fazer as fofuras parecerem marshmallows não é lá muito confortável, mas acredite, eles vão aproveitar.

Então, esteja você só de passagem ou morando aqui, não deixe de aproveitar os milhares de parquinhos incríveis que tem a cada esquina e das outras tantas opções de lazer ao ar livre de Berlin.

FOTO 08

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s