Viagens longas de avião com crianças sem enlouquecer!

Escrevo este post diretamente do avião em uma viagem DIURNA de 12 horas ininterruptas com minha filha de quase 3 anos. Esta será a quarta viagem longa de avião que fizemos depois que a Olivia nasceu, além de inúmeras viagens médias e curtas.

Resolvi escrever este post porque apesar de sermos uma família de viajantes, toda vez que penso em viajar de avião com a Olivia me bate um pânico! Como entreter ela esse tempo todo? Será que ela vai ficar agitada e incomodar os passageiros? Como fazer se ela começar a chorar? E a comida? E o fuso? E o desconforto do avião?

Mas a boa notícia é que até hoje ela sempre me surpreendeu muito positivamente e não tivemos qualquer estresse maior nas viagens de avião. De qualquer forma, sempre pesquiso muito e planejo todos os cenários possíveis para evitar dor de cabeça. Então aqui vão algumas modestas dicas que venho aplicando e que funcionam na nossa família.

  1. Planejamento!

Bom, a primeira dica é meio óbvia. Mas é importante planejar bem direitinho a viagem. Passagens com desconto são ótimas e nós somos super adeptos, mas antes de sair comprando as maiores pechinchas, veja se o voo tem muitas escalas, qual o tempo entre elas, etc. A nossa regra é sempre o mínimo de escalas possível e o mínimo de tempo possível entre cada voo (claro que tem q ser um tempo viável pra trocar de aeronave e tal).

Faça uma lista das coisas que você pode precisar levar com você no avião para que não esqueça na hora de arrumar a mala de mão. Além de entretenimento para as crianças levamos sempre uma ou duas mudas de roupas, lenço umedecido, remédios (pra febre, por exemplo), um lanchinho e garrafinha com água ou suco. Importante lembrar que é liberado levar a comida e bebida das crianças no avião, não entra no limite de 100ml de líquido.

  1. Viagens noturnas

Para viagens longas preferimos sempre viagens noturnas por ser mais fácil da criança dormir o voo todo. Até hoje foi sucesso absoluto! Ela sempre dorme quase todo o voo. Mas algumas coisas podem ajudar a criança a relaxar.

A primeira coisa que fazemos é no dia da viagem procurar fazer atividades com ela em que ela fique bastante solta, brinque, corra, enfim, se canse! Porque ela já vai ficar horas naquela posição desconfortável, então melhor que ela aproveite sua energia durante o dia e deixe a noite no avião para descansar.

Já no avião, depois que ele já está no alto e os sinais de cinto apagaram, levantamos os braços da cadeira e fazemos uma “caminha” com os travesseiros e cobertores entre eu e o Renato. Ela senta no meio, com a cabeça no colo de um e os pés do outro. Ah, a gente deixa ela com cinto o tempo todo, mas meio frouxinho pra ela poder se movimentar.

Outra coisa é ter água o tempo todo disponível. O avião é super seco e ao longo da viagem a Olivia costuma acordar pedindo água. Aqueles protetores labiais também ajudam a não ressecar tanto.

Roupa confortável também é fundamental!

  1. Entretenimento

Felizmente o mundo moderno tem lá suas vantagens. Cada vez mais as companhias aéreas estão investindo em telas individuais e uma programação infantil bastante variada. Tem algumas que tem até jogos.

De qualquer forma eu nunca deixo de levar o ipad e carregá-lo com joguinhos e videos que ela goste. Os aplicativos da fischer price em geral são bem legais.

Além do ipad, livrinhos, material pra desenhar e a massinha! Sim, massinha atualmente nos garante horas de paz em qualquer situação e ela também não fica de fora do kit avião.

Uma dica bem legal que li em algum blog de viagens é a de você comprar brinquedinhos novos e ir dando ao longo do voo, assim a criança não enjoa. Normalmente eu vou numa lojinha dessas de 1,99 e compro várias coisas baratinhas que fazem o maior sucesso.

O importante é que os brinquedos sejam silenciosos para não incomodar os demais passageiros! Nada de levar aquela guitarra que seu filho ganhou de presente no natal!

  1. Upgrade

Muitas companhias aéreas agora estão disponibilizando o que eles chamam de econômica premium (ou variações deste tipo), que é algo entre a classe econômica e a executiva. A vantagem maior pra mim é o espaço entre as cadeiras que é o dobro das comuns (na minha experiência). Isso é bom não só pra esticar as pernas, mas também pra criança poder brincar um pouco no chão, espalhar as trocentas coisas que carregamos, enfim. Mas além disso a comida é diferenciada e as opções de entretenimento também, e a cadeira reclina bem mais.

A gente nunca compra direto esta passagem. O que fazemos é na hora do check in no aeroporto perguntar se há possibilidade de upgrade pra premium. Em geral eles colocam preços promocionais pra estes upgrades em cima da hora (especialmente se o voo estiver vazio) e se valer a pena a gente compra. Existe também o upgrade pra executiva, mas aí já fica demais pro nosso bolsito!

  1. Expectativa

Uma das coisas que acho que ajuda nas nossas viagens (não só no caso do avião), é que a gente sempre envolve a Olivia no planejamento. Dividimos nossa animação com ela, falamos de tudo que vamos fazer no lugar que vamos, mostramos fotos. O resultado é que ela ama viajar, ama andar de avião (de carro, trem também!). Pra criança tudo é uma diversão, basta a gente exaltar a parte boa.

  1. Dicas práticas

No pouso e na decolagem se a criança ainda mamar dê o peito ou mamadeira e se não mamar mais tente dar um biscoito ou suco, algo que faça ela engolir pois isso ajuda a não dar pressão no ouvido.

Até dois anos a criança paga apenas uma parte pequena da passagem e não tem direito a um assento. Em algumas companhias paga-se para reservar o assento que tem direito ao berço, o que eu recomendo muito. Quando Olivia era bebê o berço ajudou muito na hora dela dormir e pra gente poder descansar também, porque 10 horas com bebê no colo não é mole! Uma dica é – se for viajar com mais um adulto – reservar na fileira de 3 lugares os assentos da janela e corredor, deixando o do meio vago. Em geral as pessoas não vão querer sentar na poltrona do meio, então se o voo não estiver lotado há chance de vocês terem uma poltrona a mais pra vocês (isso aconteceu com a gente!). Caso sente alguém é só pedir pra trocar, a pessoa certamente irá preferir a janela ou o corredor ao invés de ficar no meio de um casal com bebê!

Mesmo em voos curtos e em lugares quentes leve um casaquinho pra criança, os aviões tendem a ser gelados. Leve também algum bichinho ou paninho que seu filho esteja acostumado e que faço-0 se sentir seguro.

O carrinho pode ser levado até a porta do avião e você pode solicitar que ele seja entregue na escala, caso deseje, ou apenas no destino final. Carrinho não conta como bagagem!

Crianças de até 2 anos não possuem direito à bagagem despachada (em geral, mas vale confirmar com a companhia aérea escolhida), apenas uma bagagem de mão. Após 2 anos tem direito ao mesmo número de bagagens que um adulto (2 malas de 32kg em voos internacionais saindo do Brasil).

  1. Informações úteis

Para voos domésticos a certidão de nascimento ou identidade da criança é suficiente. Para voos internacionais é necessário passaporte. Fique atento à validade, pois no caso das crianças é menor (crianças com menos de 1 ano o passaporte vale apenas por 1 ano, por exemplo).

Até 18 anos crianças desacompanhadas dos pais necessitam de autorização dos mesmos. E até 12 anos, caso esteja apenas com um dos pais é necessário apresentar a autorização do outro. Os novos passaportes já permitem que você deixe esta autorização por escrito no passaporte, não sendo necessário fazer nova autorização a cada viagem. Mas para isso você deve informar no ato da solicitação do passaporte que seu filho est;a autorizado a viajar com apenas um dos pais.

Caso o país de destino exija visto, é preciso tirar o visto da criança também (por exemplo, no caso dos Estados Unidos).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s