Parques em Berlin: curtindo a primavera

Cheguei em Berlin no inverno, e sempre me chamou a atenção a quantidade de espaços de lazer ao ar livre que existem nessa cidade onde é frio demais a maior parte do ano. Bom, quando chegou a primavera eu entendi o porque … os alemães aproveitam qualquer raio de sol que apareça e por isso os meses entre abril e setembro tendem a transformar a cidade e o humor de seus habitantes.

17130958932_1724c8802b_z.jpg

A primavera hoje é minha estação preferida. Ver as primeiras folhinhas brotando daquilo que pareciam árvores mortas e totalmente secas, a paisagem se colorindo, os raminhos de flores que surgem e não sabemos ao certo se foram plantados ou se nasceram ali naturalmente, tudo isso tem uma magia que até então era desconhecida pra mim, que venho de um lugar com apenas duas estações do ano: verão e inferno! Além disso na primavera os dias vão progressivamente ficando mais longos. Se em dezembro amanhece por volta de 9h e anoitece às 16h, em abril (já com horário de verão) o sol nasce às 6h e se põe às 20h. E os dias só vão aumentando até seu auge lá pra julho, agosto (quando chega a amanhecer às 3h da manhã).

Tudo isso significa: vida ao ar livre! Tirar o mofo do corpo que ficou hibernando escondido em baixo de casacos e edredons por meses. Em um dia de sol (mesmo se não estiver tão quente) pode apostar que os berlinenses estarão lotando as mesinhas do lado de fora dos cafés e restaurantes, vão tomar sorvete e certamente ficarão pelados nos parques! Pois é, já mencionei em posts anteriores que os alemães tem uma cultura naturista bastante forte e uma relação bem menos sexualizada com o corpo nú. Aqui esta cultura é conhecida como FKK (Freikörperkultur) e era bastante forte na Alemanha Oriental. Então não se assuste se você estiver em um parque e ver pessoas peladas pegando sol.

Bom, então aproveitando que esta época maravilhosa está chegando, resolvi escrever sobre meus parques preferidos aqui em Berlin. Berlin é uma cidade extremamente verde e todos os bairros/ distritos possuem grandes e excelentes parques, além de pequenas praças praticamente a cada conjunto de 4 ou 6 quarteirões. Ou seja, é bem provável que perto de onde você estiver haverá uma praça ou um parque bacana pra fazer um picnic, brincar com as crianças, correr, andar de bicicleta. Aproveite!

1. Gleisdreieck

17506276818_c0285c2fdf_z.jpg

Começo pelo meu parque preferido. O Gleisdreieck é um parque que foi construído no lugar de um antigo entrosamento de várias linhas de trem, que estava abandonado desde a Segunda Guerra Mundial. A iniciativa para transformar este espaço em parque surgiu de um grupo de pessoas que visavam proteger a flora e fauna que haviam se desenvolvido espontaneamente ali. Muito se discutiu sobre o que seria feito, e por fim foi realizado um projetado pelo Atelier Loidl, que ganhou o prêmio de German Landscape Architecture em 2015.

O projeto deste parque é fantástico. A ideia é preservar o máximo possível da natureza e dos vestígios do que havia ali antes, e realizar pequenas intervenções como caminhos, escadas e passarelas e áreas super bacanas para crianças brincarem. O resultado é um parque que tem a cara de Berlin. Os espaços podem ser usados de diferentes formas, não há enormes equipamentos ou uma mega infraestrutura, mas o que tem é bonito, leve e funcional.

O parque é enorme (24 hectares), e é difícil percorrê-lo a pé. Por isso minha dica é ir de bicicleta se possível. De qualquer forma se não for de bicicleta você pode escolher um dos dois lados do parque para explorar. Descendo na estação Yorckstraße (U7) ou Möckernbrücke (U7), por exemplo, você entra na parte leste do parque, onde há quadras de basquete, pistas de skate, muito gramado pra fazer picnic e no extremo leste, perto da entrada da Möckernstraße, há um parque infantil super bacana. Para visitar a parte oeste pode-se pegar o U2 e descer na estação Gleisdreieck. Na parte Oeste, além de mais gramado e pistas para correr, andar de bicicleta, existe um parquinho com pula pula para as crianças, pistas com relevo para andar de bicicleta, além dos enormes balanços que são uma das marcas do parque e algumas quadras ao fundo. As duas porções do parque são cortadas por uma linha suspensa de trem por onde passa o ICE – o trem rápido alemão.

Gleisdreick 2.jpg

  1. Tempelhofer Feld

17116759581_5536d00573_z.jpg

Mais um exemplo de aproveitamento de espaços ociosos pra transformar em parque, o Tempelhofer funciona no antigo aeroporto da Alemanha Ocidental, desativado em 2008. A história do parque é bastante curiosa. Enquanto pensava-se o que fazer naquela área, os moradores locais começaram a utilizar o espaço para a criação de pequenas hortas comunitárias. Quando então o governo propôs um projeto para construção de edifícios na área do antigo aeroporto, houve forte resistência dos moradores do local, que exigiam que o espaço fosse mantido como área de lazer. Hoje – apesar de ainda haver uma discussão sobre a possibilidade de se edificar parte da área – o local é um enorme espaço público, onde podemos ver as simpáticas hortas comunitárias, imensos gramados para fazer picnic ou churrasco (sim, alemães fazem churrasco no parque!), praticar esportes como windskate, bicicleta, corrida. Existem algumas opções de aluguel de equipamentos no local, inclusive carrinhos para as crianças e aqueles negócios motorizados que andam em duas rodas. A gente e super fã do parque e sempre que podemos vamos lá curtir um solzinho e fazer um picnic. O que mais gosto é que praticamente não há intervenção paisagística no local. As pistas de pouso permanecem lá, o gramado é apenas aparado em algumas partes (em outras o mato é mais selvagem mesmo), há alguns banheiros, lixeiras e outras intervenções muito singelas e pontuais. A sensação de se andar de bicicleta ou correr numa pista de pouso de avião é maravilhosa!

Ah, se você for querer fazer churrasco, fique apenas atento que só é permitido em algumas partes do parque e onde é permitido há placas avisando. Isso vale para todos os parques, inclusive há alguns em que não se pode fazer em lugar nenhum. Uma curiosidade é que na primavera e no verão você encontra no mercado umas churrasqueiras descartáveis mínimas que você pode levar pro parque e depois jogar no lixo. Eu nunca experimentei, mas já vi muitos alemães usando!

  1. Hasenheide Volkspark

17052404372_0dba2516f2_z.jpg

Fica colado no Tempelhofer e é uma delícia de parque. Possui vários espaços para fazer picnic e relaxar, inclusive alguns com boas sombras. Além disso há dois parquinhos infantis super legais e o melhor de tudo pra crianças: uma mini fazendinha! Logo ao lado do parquinho infantil próximo à entrada da Hasenheidestraße há uma pequena área administrada pelo Tierpark onde estão bichinhos como burros, porcos, galinhas, patos, cabritos e até um dromedário. Nos fins de semana à tarde (se não me engano às 14h) as crianças podem montar nos pôneis e andar um pouco. No verão há também a exibição de filmes ao ar livre dentro do parque, a Freiluftkino Hasenheide.

16762904806_babb872386_z.jpg

  1. Britzer Garten

26648608060_4c12067173_o

Situado em Neuköln, este parque está mais afastado das principais atrações da cidade. Mas vale muito a pena a visita, especialmente se você vier no mês de maio quando há o festival de Tulipas. O parque é lindíssimo e se desenvolve em torno de um grande lago, onde há patos e onde muitas crianças e pais levam modelos de barcos para brincar (brincadeira séria na verdade!). Há um pequeno trenzinho que percorre todo o parque e é uma diversão pra crianças. Recomendo entrar pela entrada Sangerhauser Weg, onde chega-se perto do parque das Tulipas, do lago, de uma estação de trem e logo a frente tem um ótimo parquinho infantil.

17319587860_ea0c6df0e1_o.jpg

  1. Treptower Park

Treptowerpark 2.jpg

O parque é lindo. Especialmente no outono, quando as folhas no chão formam um incrível tapete vermelho. Lá está o Memorial Soviético. É um parque mais arborizado, com mais sombra, bem agradável pra dias quentes. Há um lago com patinhos e bastante espaço para caminhar e contemplar a natureza.

Treptowerpark.jpg

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s