4 dias em Estocolmo, a moderna e histórica capital da Escandinávia

Estocolmo – capital da Suécia – é conhecida também como a capital da Escandinávia, a região que abrange os países mais ao norte da Europa (Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia e Islândia). Além do inverno rigoroso, esta região é conhecida por ser extremamente rica, organizada e sempre aparece quando se fala em melhores índices de qualidade de vida, menores índices de violência, enfim, é o que se tem de mais primeiro mundo, se é que podemos usar este termo tão complicado.

Estocolmo, para além de toda a modernidade, é uma cidade que respira história e cultura. Possui um dos bairros medievais mais preservados da Europa (Gamla Stan) e a arquitetura histórica emocionante e muito bem preservada está espalhada por toda cidade. Interessante também é notar que a capital da Suécia é também conhecida como a Veneza do Norte, por ser formada por diversas ilhas conectadas por pontes. É uma cidade lindíssima, muito bem cuidada e com uma vida cultural intensa.

Já estavam nos nossos planos há tempos uma viagem pra Escandinávia, e uma oportunidade de trabalho acabou antecipando um pouco os planos. Ficamos 4 dias inteiros em Estocolmo e deu pra conhecer bastante coisa. Fomos com nossa filha e a cidade tem muitas opções de passeios pra crianças. A seguir falarei um pouco das minhas impressões gerais e algumas dicas, e nos próximos posts descreverei nosso roteiro e passeios.

IMG_6375

Impressões Gerais

O primeiro impacto que tivemos foram os preços. Sei que todo mundo fala que a Escandinávia é cara, mas realmente é MUITO caro. Transporte é uma fortuna, almoço por menos de 20 euros o prato é difícil de achar e qualquer café por aí custa no mínimo 3 euros. Em compensação vários museus que fomos eram de graça. O hotel que ficamos era o Connect Hotel (foi reservado pelo congresso que participei, então não foi escolha nossa). O preço era ok (cerca de 90 euros com café da manhã) e os quartos eram bons e limpos, mas ele ficava afastado do centro e tínhamos que pegar trem pro centro todos os dias. Então se puder ficar no centro de Estocolmo acho melhor.

Outro aspecto que nos decepcionou um pouco foi que esperávamos que a Suécia fosse o supra sumo em termos de organização, tecnologia e limpeza. Se Alemanha é primeiro mundo, imaginávamos que Suécia era tipo Marte. Mas na verdade achamos tudo bastante confuso, as ruas meio sujas e bagunçadas, e o transporte público (além de caro) bastante difícil de entender.

Em compensação, as pessoas que encontramos de forma geral foram extremamente simpáticas e abertas. Também não esperávamos por isso. Vindo da Alemanha, onde o máximo que você recebe é um bom dia e obrigada, tivemos um certo choque quando o motorista de taxi contou a vida inteira dele e nos deu muitas dicas de passeio. O motorista de ônibus batendo altos papos com o Renato, a sueca que nos abordou na rua e perguntou de onde éramos, brincou com nossa filha. O tipo de coisa que é super comum no Brasil, mas que aqui na Alemanha é inimaginável! Achamos super gostoso ter essa recepção calorosa pra variar um pouco. Ah, e diferente da Alemanha todas as pessoas falam inglês, pelo menos nos locais turísticos. Não tivemos qualquer problema com isso.

Além disso, as atrações são muito top. Os museus são maravilhosos, a arquitetura é extravagante, os bairros históricos são muito bem conservados e charmosos.A cidade cheia de canais e pontes é realmente lindíssima! Vale muito a pena visitar Estocolmo!

Transporte

Como já disse, é caro! Então prepare o bolso. Apesar de ter achado confuso, a cidade é muito bem abastecida de transporte público. Ônibus, tram, metrô, trens pra todo lado. As passagens valem para todos os meios de transporte (em geral por 75min) e podem ser compradas em máquinas ou guichês nas estações. Se você for usar o transporte todos os dias talvez valha a pena comprar o bilhete de 24h ou o de 3 dias. O bilhete unitário custa 36 coroas (cerca de 4 euros), o de 24 horas 75 coroas (cerca de 9 euros).

Uma dica importante é não comprar os bilhetes no guichê das estações e sim nas máquinas ou nas lojas da SL, isso porque quando você compra no guichê você paga mais caro (não me pergunte por que).

Outra dica é que se você usar mais de três viagens, vale a pena você comprar o cartão que custa 15 coroas e apenas carregá-lo. Sai mais barato do que sempre comprar o ticket de papel.

Neste site aqui você pode achar mais informações sobre o transporte da cidade.

26675085443_eb6b19d730_o.jpg
Os metrôs de Estocolmo são super interessantes.

Do aeroporto pra cidade

O aeroporto que chegamos (Arlanda) fica a cerca de 40km do centro. Existem algumas maneiras de chegar no centro de Estocolmo com transporte público. Vou colocar algumas abaixo:

. Arlanda Express: é um trem expresso que leva 20 min e vai direto ao centro de Estocolmo. Ele possui uma estação própria dentro do aeroporto e é fácil se guiar pelas placas para achá-lo. É a melhor opção, porém também a mais cara. Custa cerca de 30 euros por pessoa. Crianças até 8 anos não pagam. No site você pode ver os horários e até comprar o ticket. No aeroporto também há várias máquinas onde pode-se adquirir o ticket. O último trem sai a 1:05h.

Flygbussarna: ônibus direto. Custa 99 coroas (cerca de 12 euros). Saem a cada 10 minutos e demora cerca de 40 minutos até o centro. Porém, fique atento que o último ônibus sai às 22h e o próximo só às 3h30.

. Complemento de bilhete: se você tem um bilhete diário ou um bilhete unitário ABC, você pode comprar um complemento de 85 coroas (aproximadamente 10 euros) pra pegar o trem normal até Arlanda. O trem sai de Stockolm Central e demora cerca de 50min.

Clima

Bom, nem preciso dizer que a maior parte do ano é frio pra caramba! Acabamos indo no final de maio e achei que já fosse estar bem quente. Em Berlin já estávamos passado dos 20 graus e os casacos de inverno já estavam devidamente guardados. Eu não sei se dei azar, ou se é sempre assim, mas pegamos bastante frio mesmo sendo primavera. Pegamos alguns dias feios e chuvosos, e acho que isso não contribuiu, mas minha dica de forma geral é: leve sempre um casaco mais quentinho que barre vento, um cachecol e uma meia calça quente. Dessa forma, se a temperatura cair você consegue se proteger. O mesmo vale pra crianças. Se seu filho ainda usar carrinho, vale a pena levar um cobertor levinho pra cobri-lo, especialmente se ele dormir.

Em compensação, o dia é super longo o que torna os passeios bem mais agradáveis e as fotos mais bonitas! Nesta época escurece por volta de 10h da noite e às 5h da manhã já está claro de novo. No verão os dias são ainda mais longos (o famoso sol da meia noite!)

IMG_6378.JPG

Gastos 

Especialmente nas áreas mais turísticas, um prato não sai por menos de 20 euros. Nós normalmente pedimos dois pratos e dividimos com a Olivia, mesmo assim pagavámos em torno de 80 euros pra uma refeição incluindo cerveja e café (sem sobremesa). Mesmo em restaurante estilo fast food paga-se muito caro. Minha sugestão se você quer economizar é ficar em Airbnb e pelo menos uma das refeições cozinhar em casa. Os mercados tem muitas opções de coisas meio prontas, sanduíches e saladas gostosos e bem mais baratos do que em restaurante.

Acho que menos de 80 euros por dia por casal com 1 criança pequena é bem difícil (sem contar hospedagem).

Blogs que me ajudaram na programação:

Diario de uma Teimosa

Pegadas na Estrada 

Viagem Criativa 

Nos próximos posts irei descrever nosso roteiro de 4 dias, que incluiu muitos passeios turísticos e muitas atividades pra crianças!

Ah, e uma última curiosidade é que as placas na Suécia são super divertidas e muitas vezes nos dão uma lição de cidadania. Na foto abaixo alguns exemplos de placas engraçadas que nos deparamos. E outra curiosidade é que em muitos locais não há separação entre banheiro feminino e masculino, os banheiros em geral (pelo menos na maior parte dos lugares que fomos) são unisex.

placas.jpg

 

Anúncios

3 comentários em “4 dias em Estocolmo, a moderna e histórica capital da Escandinávia

  1. Olá! Ficamos muito felizes em saber que o nosso blog ajudou no seu planejamento. Que bom que você fez uma ótima viagem, Estocolmo é uma cidade incrível! Parabéns pelo post, muito completo. Agora você também ajudará outros viajantes 🙂 Grande abraço, Cristina e Renato – Blog Pegadas na Estrada.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s